sábado, 23 de novembro de 2013

Touchè! From my heart to yours

Primeiro, gostaria de pedir desculpas, pois ontem, por problemas técnicos, não pude postar a apresentação do projeto Touchè! From my heart to yours. Mas hoje eu estou aqui, toda empolgada, para introduzi-lo à você!

O que é: é um projeto sobre inspiração. É sobre você e eu repararmos o que está ao nosso redor e de como todas essas coisas fazem parte da nossa personalidade e, consequentemente, do nosso scrap. Teremos livros e músicas trilhando nossa história. Teremos dicas e tutoriais mostrando como construo minhas páginas. Retomaremos a importância do journaling não só no scrap, mas inseri-lo no nosso cotidiano. 
Haverá alguns projetos exclusivos que vão funcionar da seguinte maneira. Não existirão grandes lotes para venda. Será totalmente limitado e único. Inspiração e criatividade em uma única unidade. Somente eu e mais uma pessoa seremos inéditas. 
Quando: durante todos os meses do ano, em qualquer dia da vida. Não existirão prazos, muito menos obrigatoriedade. O projeto será feito para manter a vontade de criar sempre progredindo, mas nunca no automático.
Por quê: o scrap é acima de tudo uma arte mais que personalizada. Ele consegue jogar confete nas fotografias para preservar as lembranças. Nada mais memorável do que recordar um momento, de sentir seu coração mais acelerado quando sentimos uma emoção ao ver uma foto, um scrap encantado. Eu não queria deixar isso guardado só para mim, quero dividir com outras pessoas e inspirá-las cada um no seu jeito. 
Fazer scrap é meu mundo de fantasia. Lá eu posso ser quem eu quiser, posso errar e ficar bonita da mesma maneira, não tenho regras para combinar. É apenas uma extensão de uma reticência espiritual que precisa de tesoura e papel para ser feliz.

Para começar eu fiz 4 páginas, cada uma com determinada personalidade e estilo. Quem acompanhou as últimas postagens durante essa semana, pode perceber como faço meu scrap. São eles que estarão nesses kits. Lembrando que só há um kit de cada projeto e o preço está super em conta. E se você levar dois, você ainda leva um kit de um door hanger na faixa.

Seguem abaixo os projetos. Se alguém se interessar, é só mandar um email para regianethahira@gmail.com dizendo qual projeto está interessada.





Espero que embarque nessa comigo!
Beijo!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Greenwich: eu no meio do mundo


Um passeio que eu adorei fazer em Londres foi pegar um barco no Westminister Pier e ir até Greenwich. Dei sorte de pegar um dia lindíssimo de sol, com aquele "ventinho" no rosto.
 A viagem é uma delícia e conforme o barco passava na frente dos pontos turísticos o piloto/narrador contava curiosidades sobre o local.


Greenwich parece um pedacinho de uma cidade do interior. As margens do rio Tâmisa, esse bairro londrino nos presenteia com o National Maritime Museum, o Old Royal Naval College, o Royal Observatory e o Queen's House. Infelizmente, não consegui visitar nenhum desses lugares. 
O lado negativo de visitar Londres no verão é que ela fica lotada, mas abarrotada mesmo de turista e para tirar uma foto no Meridiano de Greenwich levaria uns bons minutos, além de ter que pagar para entrar no Royal Observatory.


Para meu azar, não consegui chegar a tempo para dar uma voltinha no Greenwich Market; eu que adoro uma feira. Mas vi algumas coisas lindas no momento em que as barracas estavam sendo desmontadas. Fiquei com aquele gostinho de quero mais. 


No pier de Greenwich tem duas atrações interessantes. Um é Greenwich Foot Tunnel que leva você ao outro lado do rio. Eu até cogitei atravessá-lo antes de ir embora, mas confesso que já estava cansadona e ainda tinha uma longa viagem até chegar em casa. 
A segunda é o Cutty Sark, uma embarcação gigantesca no século XIX. Vi algumas fotos tiradas de dentro do navio e me pareceu belíssimo. Pena que eram meus últimos dias em Londres e eu precisava guardar minhas reservas para as refeições.


Na página, usei muitos papéis da Goodies e misturei com alguns retalhos de coleções da American Crafts e October Afternoon, entre outros, que combinaram perfeitamente.
Ah, e não se esqueça: amanhã tem o lançamento do Touchè! From my heart to yours! Até lá!
Beijo!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Que horas são?


Pelas ruas de Londres, eu me perdi várias vezes, mas a cidade londrina sempre dava um jeitinho de me encontrar. É porque, por toda cidade, sempre há um mapa para você se localizar. Era muito raro, eu usar meu. Mas eu adorava me perder. Acabava conhecendo ruas e vielas encantadoras e escondidas pelas esquinas. 


Mesmo para chegar nos pontos mais badalados de Londres, eu procurava andar por outros caminhos para buscar ângulos diferentes. E foi durante essas andanças que eu tirei essa foto. 
O mais incrível é que fiquei emocionada quando estava aos pés do Big Ben. Eu sinceramente não esperava tamanha grandiosidade. Talvez era o final de tarde que caía quando os raios solares batiam no relógio. Juro que parecia todo banhado de ouro.


Para fazer essa página, eu optei por um estilo mais vintage para dar uma cara "old school", já que o país inglês é secular. Coloquei também algumas peças de resina, incluindo uma chaleira para homenagear os maravilhosos chás que tanto amo.


Por falar em chá, acho que vou preparar um para fechar a noite!
Beijo!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

A vez e a hora do bruxinho


Hoje eu vou apresentar meu lado clean. Muitas vezes, depois de fazer uma página cheia de textura e camadas, eu faço um scrap mais arejado.
Nessa página, eu quis criar um LO mais lúdico porque a foto em questão era sobre o dia em que fui vistar o estúdio da Warner Bros sobre o Making of do Harry Potter.


Eu fiquei realmente impressionada com tantos detalhes e saber como foram feitos os principais efeitos especiais. Para quem, como eu ama a telona, (fiz até curso de cinema) saí de lá fascinada. Mas quem é fã também se emociona.


Vou deixar para contar tudo que eu vi lá dentro em um post exclusivo só pra ele.
Beijo!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Regent's Park: meu parque favorito


No outro post, eu falei do Hyde Park. Ele parece ser perfeito, não é mesmo? Mas meu parque favorito é o Regent's Park, não só o maior parque de Londres, mas, na minha opinião, o mais lindo. Foi tudo projetado por John Nash, e passeando por vários lugares em Londres, percebe-se que a mão do homem está em vários lugares da cidade londrina. 


Nesse parque, você vai encontrar o zoológico, o Queen Mary's Garden, o Open Air Theatre e o lago onde você pode alugar um pedalinho ou um barco com um par de remos para navegar por uns bons 15 minutinhos. 


Tem também vários patinhos e gansos que recebem pedaços de pão da sua mão. É muito comum ver crianças alimentando esses animais de forma carinhosa. Esse parque também foi cenário para muitos filmes como Um grande garoto, O diário de Bridget Jones e, claro, Harry Potter. Vamos combinar que não precisa de muitos retoques, porque essa área verde parece que foi moldada para ser perfeita e ser estrela nas telonas.


Eu gostei tanto do parque que foi o lugar onde resolvi me despedir no meu último dia. Foi quando eu tirei essa foto. Mas vamos falar de scrap agora.
Como disse ontem, é meio difícil definir meu estilo. Para essa página, usei gesso, tinta, carimbo, flores, tudo para dar esse relevo que tanto gosto.

A vida é realmente engraçada. Hoje estava escutando Sugar Town, de Nancy Sinatra e os versos caíram como uma luva para esse post. Era mais ou menos assim que eu me sentia quando deitava na grama do Regent's Park. Fique com esse som gostoso e tente se imaginar lá!

I got some troubles but they won't last
I'm gonna lay right down here in the grass
And pretty soon all my troubles will pass
'cause I'm in shoo-shoo-shoo, shoo-shoo-shoo
Shoo-shoo, shoo-shoo, shoo-shoo Sugar Town


Beijos!



domingo, 17 de novembro de 2013

Quando bate a saudade


Na sexta-feira, publicarei um novo projeto chamado Touche! From my heart to yours, mas você só saberá mais detalhes no dia 22/11. Serão projetos totalmente exclusivos e inspirados por essa pessoa que vos fala. Até lá vou postar algumas páginas que andei fazendo entre uma ideia e outra. Assim você vai perceber que não tenho um estilo único. Eu gosto de passear entre o romântico, o vintage, o clean até o gráfico tenho tentado. Não vejo isso como falta de personalidade, mas como ser eclético. Gosto da beleza de tantos estilos diferentes que não consigo me adaptar em apenas um. Gosto de ter a poesia que encontro em cada um deles perto de mim.


Essa página é um scrap nostálgico. Surgiu numa manhã de domingo. Acordei com uma saudade do Hyde Park. Esse parque londrino era o lugar onde eu almoçava ou tomava um lanchinho da tarde. Era quase um ritual, porque é um parque central e sempre estava no meio do caminho. Mas além de comer, eu gostava apenas de sentar na grama e ver as pessoas caminhando com suas famílias e amigos. Ver aquilo me deixava tão feliz e não sei dizer o porquê, só sabia que sempre eu voltava lá para encontrar com essa sensação novamente. E quando acordei, naquele domingo, eu apenas senti esse sentimento vivo dentro de mim. Foi o suficiente para eu pegar tesoura e papel para homenagear aqueles minutos de felicidade.


Agora, hora de falar da página. Finalmente, eu estou conseguindo incluir o uso da Silhouette no meu processo criativo. Por causa do layout do meu scraproom, tanto a Silhouette como minha máquina de costura, não ficam no mesmo espaço em que produzo. Isso dificulta um pouco as coisas, porque eu gosto de ter tudo a mão, perto de mim. Mas estou vencendo essa limitação. Afinal, lutei tanto pra ter essa máquina que agora chegou a hora de usufruir.
Com ela, eu fiz esse recorte de balão, totalmente primário e simples, mas que ficaria imperfeito se eu fosse usar minhas "habilidades" de desenhista.


Aproveitando o clima saudosista, eu voltei a usar os furadores que tanto amo. Fazia um tempão que não usava nas minhas páginas.


Para terminar, o título que tirei dos versos de música do Travis, chamada Battleships. Essa banda que levo no meu coração desde do dia que quebrei o joelho e fiquei de molho em casa vendo Lado B da MTV. Como você pode ver esse post está recheado de memórias e saudades, mas não é pra isso que o scrapbook serve?
Tenha uma ótima semana!
Beijo!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

One, two, three, four!

Isso é morrer de amor! Só uma palhinha. Só clicar nos botões!

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Project 365: mês de outubro


Durante esse mês preparei alguns kits exclusivos, mas exclusivos mesmo. Breve novidades!
Pin It button on image hover